Portal do Aluno Aulas online
(11) 2946-2249 contato@colegioalexandra.com.br

Como estimular o raciocínio lógico do seu filho?

5de março de 2020
by Colégio Alexandra

Para muitos, desenvolver o pensamento matemático e o raciocínio lógico infantil se tornou sinônimo de dificuldade. No entanto, esse conhecimento é fundamental para o desenvolvimento da criança, seja na escola ou em casa. Afinal, ele está relacionado à capacidade de organizar situações do dia a dia e

buscar soluções para problemas. Veja algumas dicas simples e fáceis de implantar em casa com o seu filho:

1. Invista em jogos

Além de divertir, os jogos têm o poder de desafiar as crianças a desenvolver estratégias e soluções para problemas. Eles também podem promover o aprendizado de competências específicas, favorecer o desenvolvimento infantil e até fortalecer o vínculo entre o pequeno e seus familiares. Boas opções de jogos, nesse sentido, são os de tabuleiro.

2. Monte e remonte

As brincadeiras que envolvem blocos de montar são inesgotáveis! A maior vantagem desse tipo de brinquedo é que a criança pode experimentar uma infinidade de configurações. Dessa maneira, estimula a criatividade, a capacidade de planejar e executar encaixes, o raciocínio lógico infantil, além dos mecanismos de erro, busca por soluções e acerto. É divertido e cheio de aprendizados.

3. Tecnologia com inteligência

Em excesso, sabemos que o uso de celulares ou tablets pode causar impacto negativo no desenvolvimento da infância, limitando sua capacidade de ser criativa e de se encantar com o novo. No entanto, com equilíbrio, é possível usar o melhor que ela pode oferecer, por meio de jogos e aplicativos capazes de promover o contato com a matemática.

4. Use e abuse da literatura

O poder da literatura é infindável! Ela contribui para o desenvolvimento infantil, para o fortalecimento de vínculos, estimula a criatividade e a empatia. E até pode ajudar a despertar o interesse pelo raciocínio matemático. Para isso, você pode olhar para os versos de um poema: os sons, a métrica e a forma cadenciada como as palavras se articulam têm relação direta com a matemática. Ou então, oferecer literatura policial, como os clássicos de Sherlock Holmes ou alguns juvenis contemporâneos, que desafiam o raciocínio lógico.

(Com informações do site Quindim)

Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *